Fundação ACL

A Fundação ACL, cuja sigla deriva de autorrealização, comunicação e liderança, é uma entidade sem fins lucrativos. Seu principal objetivo é a formação de líderes que contribuam efetivamente para o bem social, com base em valores positivos e sólido comprometimento ético. Para o exercício da liderança, entretanto, todo indivíduo precisa libertar-se de condicionamentos que o estejam impedindo de usar suas melhores potencialidades, o que só se consegue pelo autoconhecimento. Para isso, a Fundação ministra vários cursos em sua sede com base na Técnica ACL – a mesma que, de forma resumida, se aplica nas aulas do Projeto Escola Vida.

A Técnica ACL visa a rápida superação de atitudes derrotistas mediante o conhecimento de suas causas. Ela pode ser definida como uma técnica comportamental objetiva, prática e rápida, que permite ao ser humano tomar posse de suas qualidades reais, bem como conhecer efetivamente e aceitar as próprias limitações.

Desta forma, desenvolvem-se líderes que mais tarde se tornam multiplicadores de lideranças. “À medida que o indivíduo se conhece, ele passa a perceber melhor as peculiaridades individuais. Uma vez tendo tomado posse de sua individualidade, fica muito mais fácil passar a perceber o outro e a sociedade onde vive”, conclui Sumie Iwasa.

Os cursos, voltados para pessoas de todas as idades, são constituídos de três módulos principais: Integração no Ambiente; Perdedores, Não Perdedores e Vencedores; Ansiedade e Comunicação Afetiva. Segundo o professor e coordenador de cursos da Fundação ACL, Antonio Virgílio da Silva, cada um desses módulos dura aproximadamente três meses. Os cursos são apostilados e contam com temáticas pré-definidas. “A procura pelos cursos geralmente deve-se a algum momento difícil pelo qual que a pessoa está passando, como dificuldades no trabalho, crise econômica, desemprego, falências, entre outros percalços. Neste momento, o indivíduo percebe com maior clareza a necessidade de se conhecer melhor e refazer o próprio roteiro de vida”, conclui Antonio.

Além desses três módulos, são oferecidos também cursos especiais com temáticas específicas, como, por exemplo: roteiros de vida; medos; velhice; sexo, amor e casamento.

Desde 1987, ano em que o Instituto ACL se transformou em Fundação ACL, já se formaram cerca de 3 mil alunos.

Objetivos da Fundação ACL

A Fundação ACL tem por objetivo promover, por meio da exclusiva Técnica ACL, a transformação dos indivíduos em cidadãos aptos a dirigir seus próprios destinos, o destino de suas famílias e o da coletividade a que pertencem, bem como o da empresa na qual se encontram ou na qual pretendem ingressar. Preparam-se cidadãos úteis. Úteis a si mesmos e àqueles que participam de sua vida afetiva ou profissional.

Sabe-se que, para o exercício da liderança e o uso das próprias potencialidades, o indivíduo precisa libertar-se de condicionamentos negativos. Isto só se consegue através do autoconhecimento e é com este objetivo que a Fundação ACL ministra em sua sede vários cursos com base na Técnica ACL, a mesma que, de forma resumida, se aplica nas aulas do programa Escola Vida.

A sigla ACL, derivada de Autorrealização, Comunicação e Liderança, reúne em si os conceitos que fundamentam a construção de um roteiro de vida plenamente satisfatório: a autorrealização fundamenta a boa comunicação e esta, por sua vez, possibilita a autêntica liderança.

A Fundação ACL objetiva ainda:

  • Treinar participantes para o exercício da liderança em todos os aspectos de vida.
  • Formar líderes competentes, equilibrados e cidadãos úteis.
  • Promover e desenvolver nos alunos a conscientização dos seus dons e aptidões, bem como a responsabilidade do papel que desempenham na comunidade a que pertencem.
  • Eliminar atitudes derrotistas.
  • Criar as possibilidades para um melhor entrosamento das pessoas no ambiente em que vivem.
  • Desenvolver a capacidade para tomar decisões.
  • Levar os alunos ao melhor desempenho profissional, desenvolvendo e aprimorando a tolerância, a flexibilidade e autonomia.
  • Ensinar os indivíduos a delegarem com eficiência.
  • Canalizar as potencialidades do grupo que cada um lidera, despertando prazer e entusiasmo na execução de tarefas; enfim, arrancar as pessoas do conformismo.
  • Preparar os treinandos para posicionarem-se como vencedores – assumindo, os desafios correspondentes, pois todo ser humano pode ter perspectiva e não estagnar.