Ambulatório

A Fundação ACL possui um ambulatório médico de natureza filantrópica, funcionando desde 1999, e atualmente registra 1.500 atendimentos por ano.

Todos os profissionais envolvidos são médicos voluntários, com foco na medicina integrativa, como acupuntura, fitoterapia, homeopatia e BDORT.

Atualmente funciona às sextas-feiras, no horário comercial. Dada a grande procura de interessados, depende de exigências prévias, inclusive assistir à palestra “A Vida com Saúde é Bem Melhor” (vide palestras). Informe-se pelo telefone (11)5549-3880.

O atendimento é gratuito, e sua manutenção sustenta-se graças à generosidade das pessoas beneficiadas.

Novos hábitos, porque não?

  • Inicie o dia tomando água. Dê preferência à água alcalina (pH superior a 8).
  • Elimine o glúten (farinha branca=trigo; cevada, aveia, centeio), açúcar branco e leite / laticínios de sua dieta
  • Mastigue de 50 vezes cada porção de alimento.
  • Inicie a refeição com vegetais folhas, termine com carbo-hidratos.
  • Diga não aos carbo-hidratos á noite.
  • Prefira alimentos orgânicos – É possível eliminar agrotóxicos dos alimentos da seguinte maneira: 1 colher de sopa para cada litro de agua de solução de iodo a 2% numa bacia. Cobrir e deixar no local mais escuro da cozinha. Manter Folhas por 2 horas; tomate e pimentão cortado, sem sementes; abobrinha, berinjela– 3 horas. Batatas – cortadas em cubos médios – de 6 a 8 horas
  • Aproveite frutas, verduras e legumes de cor escura - vermelho, roxo. amarelo não devem ser esquecidos. Coma verduras/legumes amargos.
    - Jabuticabas – Uvas – Amoras (com casca)
    - Peixes pequenos: não jogue fora a cabeça!
    - Use óleo de coco para frituras...
    - A “dieta do tipo sanguíneo” pode ser adotado
    - Probioticos. Kefir.
    - Soja fermentada - nattô
  • Cuidado com os “gelados”
  • Evite expor-se, e aos medicamentos ou alimentos ás fontes emissoras de campo eletromagnético (CEM), tais como aparelhos eletrodomésticos ou eletrônicos, como TV, computadores, controles remotos, vídeo, telefone móvel, forno de microondas, imãs, baterias, cartões magnéticos, etc. Eliminar essas fontes próximas da cama. Evite iluminação artificial com lâmpadas fluorescentes ou de halogênio.
  • Remova todas as etiquetas das roupas. Use roupas intimas, de cama e de dormir de algodão. Evite uso de roupas em geral de material sintético. Evite uso de jóias, bijuterias, enfeites metálicos.
  • Tome sol: 10 a 15 minutos/dia.

Alimentos Acidificantes e Alcalinizantes

Para que o organismo funcione bem, a partir do equilíbrio dos componentes da alimentação, para que este aproveite melhor às vitaminas aumentando à resistência as doenças, uma boa parte das pessoas voltadas para a alimentação natural consomem mais alimentos que alcalinizam e menos alimentos que acidificam o mesmo. Baseados em experiências individuais e nas pesquisas publicadas do Dr. William Howard Hay apresentamos uma definição dos alimentos a respeito deste assunto.

Os alimentos que alcalinizam são: Todos os alimentos frescos comidos crus, como todas as frutas (menos ameixa), a maioria das verduras e alguns legumes como cenoura, beterraba, pepino, rabanete, cebola, dentre outras. Também a batata inglesa alcaliniza quando cozida e comida com a sua casca, a qual deve ser bem lavada. Dos cereais, o painço também alcaliniza. Das castanhas, as amêndoas, as avelãs e as castanhas do Pará igualmente alcalinizam. Alimentos alcalinizantes: Abóbora, Abacaxi, Alface, Cebola, Cenoura, Laranja, Limão, Maçã, Melancia, Melão, Nabo, Pepino, Pêra, Rabanete, Uva, Tomate.

Os alimentos que acidificam são: Todas as carnes, ovos, leite e seus derivados, todos os cereais (menos o painço), principalmente o arroz branco, todas as farinhas, principalmente a branca, polvilhos, araruta e maizena, as castanhas (menos as amêndoas, avelãs e castanhas do Pará), todos os feijões e tudo o que contenha açúcares, inclusive mascavo ou preta, rapadura, melado e até mel de abelhas.

Os alimentos neutros são: A manteiga de leite, os óleos vegetais, o gergelim e o levedo de cerveja. Obs.: Os alimentos crus, bem mastigados, protegem os dentes e as gengivas. A sua função é fornecer materiais (sais minerais e vitaminas) e energia, como também, limpar, purificar e alcalinizar de forma fantástica o ambiente da boca e todo o organismo, principalmente o sangue.

Fonte: Núcleo de Culinária Natural Denise Teixeira – RJ